O atacante que virou árbitro

Ir em baixo

O atacante que virou árbitro

Mensagem por Chad' em Sab Out 13, 2018 9:48 pm

Por várias edições de jogos da série FIFA, a seleção holandesa não esteve representada. Problemas de licenciamento eram o principal problema da época que privava os jogadores dos games da EA Sports de verem o escrete laranja nos gramados do principal jogo. É importante ressaltar aqui que a seleção holandesa apareceu 100% licenciada no jogo da Copa do Mundo de 2006.

Entretanto, obviamente a EA não ficou satisfeita com a situação. Uma das seleções mais tradicionais da história do futebol, duas vezes (na época) vice-campeã mundial, campeã da Eurocopa... currículo grande para que a Oranje ficasse de fora. Realmente, do FIFA 07 ficou, foram duas ausências que me deixaram coçando a cabeça na época, ambas por falta de licenciamento: Holanda e República Tcheca.

Só que no FIFA 08 a seleção holandesa estava lá. A seleção tcheca teria que esperar mais um pouco, voltando licenciada no FIFA 09. Já a Laranja Mecânica estava lá, de laranja no primeiro uniforme e branco no segundo. Mas espera aí... cadê o escudo da KNVB na camisa? Por qual motivo ele não aparece na hora de selecionar as equipes, tal como ocorre com várias outras seleções?

Definitivamente, nós, brasileiros, já cansamos de ver as equipes da Série A sem licenciamento dos jogadores, do FIFA 17 pra cá. E a seleção holandesa era a única na situação de ter jogadores fakes naquele FIFA 08. Ok, alguns jogadores (como Adrian Mutu e Marco Materazzi) haviam aparecido com nomes falsos no FIFA 07 e no 08 também, mas eram casos isolados. Aqui a gente tem um escrete inteiro com nomes falsos, idades falsas, faces falsas...

Representações, ao menos no nome, fiéis a Van der Sar (de Baer), van Bronckhorst (de Horenbout), Huntelaar (Ronhaar), van der Vaart (van der Poel)... e um rapaz chamado Hans de Noteboom, uma representação de Ruud van Nistelrooy.

Os nomes realmente traziam uma lembrança, altura e peso eram bem semelhantes, data de nascimento tinha meses de diferença... o que pegava era a aparência. van Nistelrooy sempre teve um cabelo razoável, por vezes até parecido com um mullet. Já de Noteboom era meio calvo. Tinha cabelos nas laterais, como vou mostrar mais abaixo.

De resto, era um atacante fantástico. Centro-avante nato, camisa 9 puro, de fortíssima presença de área e força física. Não entendo como ele não estava nem no banco do FIFA 08, dada a habilidade daquele jogador. A fama realmente apareceu no UEFA Euro 2008, jogo da Eurocopa disputada na Áustria e na Suíça.

Aqui temos realmente um ponto a ser destacado: a Holanda não era a única a estar sem licença no jogo. Outros países como Cazaquistão, Montenegro, Rússia, Islândia, não tinham nem jogadores, nem gráficos fiéis a realidade. E pela primeira vez, Hans de Noteboom aparecia como titular na esquadra holandesa.


Como eu falei: calvo, seis meses mais velho que Ruud van Nistelrooy, um centímetro mais baixo e com dois quilos a mais que o centro-avante que, na época, estava no Real Madrid.

As habilidades principais eram bastante semelhantes: mesmo nível nos dribles, mesmo nível de reação (não presente na imagem abaixo), -4 na finalização, +2 em controle de bola e incríveis +11 na força do chute. Bota fé nele, que o cara é fogo. Em todas as minhas tentativas de dar uma sequência no Modo Campanha, ainda não tive a sorte (ou o azar) de cruzar com a Holanda de Hans de Noteboom.


No FIFA 09, toda a seleção holandesa foi trocada. Mas não pelos jogadores reais, e sim por outros falsos, com nomes diferentes. Hans de Noteboom aparentemente já tinha virado história. Só que ela não tinha acabado.

A partir do FIFA 11, com a introdução definitiva da Impact Engine nas versões de PS3, Xbox 360 e PC, os árbitros, que eram somente seis até o FIFA 10 (e com seus nomes escondidos desde o FIFA 07), passaram a ser bem mais variados. Nomes curiosos, como Manuel Rui Barbosa e Rodolfo Costinha (já cansei de ouvir o Tiago Leifert fazendo piadas com esses caras) passaram a ser figurinha tarimbada nos games da EA Sports.

Várias ligas do jogo passaram a ter árbitros locais. Entre elas, a Eredivisie holandesa, que tem um tal de Hans de Noteboom como árbitro recorrente nas partidas da liga. Sim! Ele estava de volta, mas com outra função. E até hoje ele está lá. O mesmo personagem de quase 1,90m, calvo, mas agora de preto e com um apito ora na mão, ora na boca.

avatar
Chad'

Mensagens : 93
Pontos : 755
Reputação : 5
Data de inscrição : 26/02/2017
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O atacante que virou árbitro

Mensagem por drigOrange em Dom Out 14, 2018 9:08 pm

HAHAHA sensacional esta história sobre a seleção Holandesa que é a justamente a que torço desde 1994. 
Pois é, a questão das licenças sempre foi algo que afetou tanto PES como FIFA. Eu sinceramente não consigo entender é como pode, uma produtora multibilionária deixar seleções famosas/clássicas, totalmente sem licenças. 

E, atualmente nas versões 19, foi a vez da seleção brasileira que se encontra genérica em ambos os games. 
Mas, na época do FIFA 07 e 08, em relação à Holanda, nunca percebi tais detalhes, porque, eu já apliquei logo os patchs e foi por ali que comecei a editar.

_________________


avatar
drigOrange
Admin

Mensagens : 440
Pontos : 1186
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/01/2017
Idade : 37
Localização : Canguçu - RS

Ver perfil do usuário http://fifaorbebrasil.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O atacante que virou árbitro

Mensagem por superbetiol em Seg Out 15, 2018 9:47 am

Ex-jogador que vira árbitro?

Boa essa história, kkkkkkkkk

Abraços!!

_________________
avatar
superbetiol

Mensagens : 179
Pontos : 827
Reputação : 2
Data de inscrição : 09/03/2017
Idade : 40
Localização : Londrina/PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O atacante que virou árbitro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum